E-book gratuito com 42 Posts inspiradores para Facebook, Instagram e Youtube

Minha motiva??o para formatar um e-book com 42 posts inspiradores para Facebook, Instagram e Youtube, nasceu da cobran?a di?ria que recebo dos nossos clientes. Aquela forcinha b?sica que eles sempre d?o sabe:

– Ou voc? consegue aumentar as vendas ou diga adeus ao seu fee!!!

Aquele jeitinho carinhoso, voc? deve saber. Isso quando n?o rola aquela cl?ssica:

– Esse Facebook n?o funciona!!!

Ai pra ajudar ainda mais a situa??o do caboclo, aparece a tal da redu??o do alcance dos posts no Facebook. Voc? fica desesperado, acessa v?rios artigos procurando uma resposta, come?a a imaginar seus filhos sendo colocados para ado??o, a mulher te traindo e come?a a bater um estado de loucura, voc? est? disposto a qualquer coisa, coisas que nunca tinha imaginado fazer, voc? come?a a publicar foto de gatinho, lan?ar enquete curtir versus compartilhar, foto de beb?, de bichinho, de gente fazendo carinho no bichinho, frase, muita frase, selfie, muita selfie e no final do m?s n?o muda nada e voc? come?a a desistir de tudo, quando voc? percebe voc? j? deu 572 scrolls em busca de uma resposta e ela n?o veio.

Precisamos esquecer o modelo de despejar an?ncios

Calma, nem tudo est? perdido. Vamos analisar rapidamente como isso tudo come?ou. E geralmente come?a assim, com a?primeira pergunta quando algu?m quer vender alguma coisa:

Onde vamos anunciar?

Voc? j? parou para se perguntar porque essa pergunta sempre rola? Provavelmente porque o processo sempre foi o mesmo. Empresas contratam as ag?ncias de publicidade e as ag?ncias despejam toneladas e toneladas de an?ncios no p?blico-alvo.

MODELO-TRADICIONAL-AGENCIA

Esse processo de bombardear an?ncios sempre funcionou e ainda funciona pra muita gente e provavelmente ainda vai funcionar durante muito tempo.

E ? ai que est? o problema, est? tudo muito bem, aquela frase que em time que est? ganhando n?o se mexe vira resposta pra todas suas tentativas de novos conte?dos e formatos. Seu cliente fica cego, ele acha que os an?ncios e o pequeno crescimento dele s?o inating?veis. Para esse tipo de cliente sugiro que voc? fuja.

Para os clientes que entenderam que a internet, as m?dias sociais e os celulares est?o gradualmente (peguei leve pra n?o assustar) fragmentando a forma tradicional de despejar an?ncios. Para esses que confiaram nas suas pesquisas que mostram que anunciar na ?TV, Revista e Jornal n?o s?o mais suficientes para gerar um grande impacto. Para esses iluminados que compartilharam contigo a ideia que para ?uma campanha surtir o mesmo efeito hoje em dia, ela precisa estar presente em muitos lugares e formatos diferentes, voc? diz pra eles: – Vamos come?ar uns 6, 7 anos atrasado, mas fica tranquilo que antes tarde do que nunca.

A parte boa ? que a maioria das empresas j? sentem a necessidade de estar em v?rios canais. A onda agora ? questionar o resultado efetivo desses novos canais. Discuss?o v?lida, claro, j? que precisamos ter sempre em mente o lucro e o retorno de tudo que fazemos, por?m falta adicionarmos um ingrediente pouco usado nas discuss?es que tenho participado. O formato. O formato que estamos usando nesses novos canais.

N?o podemos replicar os an?ncios tradicionais nas m?dias sociais

Grande parte dos anunciantes est? replicando o formato tradicional (TV, r?dio e jornal) de an?ncio nos novos formatos digitais e isso n?o est? funcionando.

post-produto-comportamento

A dificuldade de encontrar um novo formato “publicit?rio”, que esteja de acordo com o comportamento dos usu?rios nessas novas m?dias tamb?m aconteceu no surgimento da TV paga. ?As primeiras equipes que desenvolveram o modelo de monetiza??o da TV paga tinham vindo da TV aberta, onde o modelo era baseado em interrup??es e venda de comerciais. Esse modelo claramente copiado da TV aberta n?o deu certo e muitos canais, os de filmes principalmente, tiveram que se reinventar e encontrar novos formatos.

Sinto que os profissionais de m?dias sociais est?o passando pelo mesmo momento, procurando novos formatos para entender melhor como alcan?ar os objetivos nesses novos canais.

Mapear bons posts para facebook est? longe de ser uma resposta final para essa discuss?o, por?m ? um refor?o pontual para quem est? no front, para todos que precisam queimar diariamente alguns neur?nios para encontrar posts interessantes e conseguir pagar o leitinho das crian?as no final do m?s.

Como o Facebook domina as m?dias sociais brasileira com 96% de audi?ncia, boa parte das dicas s?o posts para facebook. E o Facebook ? um lugar excelente para conversar com seus clientes.

O mercado est? dizendo que o marketing atual s?o conversas e qual ? o melhor lugar para administrar essas conversas?

Um livro que se tornou uma refer?ncia pra todos que trabalham com marketing e internet foi o Manifesto Cluetrain, que nada mais ? que um conjuntos 95 teses, colei abaixo as 6 primeiras:

  1. Mercados s?o conversa??es.
  2. Mercados consistem em seres humanos, n?o setores demogr?ficos.
  3. Conversa??es entre seres humanos parecem humanas. Elas s?o conduzidas em uma voz humana.
  4. Quer seja transmitindo informa??o, opini?es, perspectivas, argumentos ou apartes, a voz humana ? tipicamente aberta, natural, sincera.
  5. As pessoas se reconhecem como tal pelo som desta voz
  6. A Internet est? permitindo conversa??es entre seres humanos que simplesmente n?o eram poss?veis na era da m?dia de massa.

Esse manifesto foi lan?ado em 1999 e ainda ? muito atual. Percebemos que nossas empresas se apropriaram das ferramentas como Facebook, Instagram e Youtube, por?m estamos utilizando esses novos canais com a mesma mentalidade, estamos despejando an?ncios.

Precisamos de um formato que priorize RELACIONAMENTO

Precisamos encontrar um novo formato de Publicidade, talvez at? abandonarmos o termo Publicidade, j? que sempre se associou o termo a interrup??o e venda. Nesse momento precisamos fazer o contr?rio, precisamos estimular conversas, precisamos fazer menos marketing, mais atendimento e RELACIONAMENTO. E o melhor lugar para conversar e se relacionar em tempo real s?o as m?dias sociais.

Ai voc? pensa, ok Demetrio, pra marcas pequenas ? sensacional, d? pra gerenciar e come?ar as conversas apenas com posts no Facebook, agora como marcas globais conseguir?o manter equipes para conversar com milh?es de clientes? Claro que essa resposta n?o ? simples.?Tecnologia e automa??o do marketing podem ser algumas das respostas.

O que podemos afirmar com certeza ? que empresas que nasceram dentro nesse novo cen?rio come?aram a partir dos RELACIONAMENTOS com seus clientes, nasceram de boas conversas e ampliaram seu neg?cio ao redor delas.

O objetivo sempre ser? dominar o mundo. N?o, pera!

O objetivo desse ebook ? ajudar a construir conversas saud?veis, conversas que fa?am parte de um plano maior, que ajudem no objetivo de curto prazo e de longo prazo.

Espero que esse ebook seja ?til no seu dia a dia e que possamos melhora-lo com uma segunda vers?o com novas sugest?es de posts. Quero colocar as suas sugest?es na segunda vers?o, o que voc? acha?

42-posts-midias-sociais

 

3 comentários em “E-book gratuito com 42 Posts inspiradores para Facebook, Instagram e Youtube”

  1. Gostaria de agradecer pelo “E-book gratuito com 42 Posts inspiradores” o material realmente é muito interessante. Procurava algo assim faz tempo! Recomendo para todos!

Deixe um comentário

Your email address will not be published. Required fields are marked *