Marketing Digital
Posted By demetrio

O que é e como aproveitar a transmídia para sua empresa


A narrativa transmídia pode ser entendida como a transmissão de uma história em várias mídias e totalmente interligadas, ou seja, você precisa interagir com todo o conteúdo para entender completamente a história. Lembrando que não é a mesma história transmitida em todas as mídias e sim fragmentos lineares que ajudam a entender a narrativa inteira.

Essa ação permite que o fã se conecte a todas as mídias, o amante de jogos precisará ver um vídeo para entender melhor a história do jogo, o mais chegado em cinema irá ler uma história em quadrinhos para conhecer a fundo a história do personagem e detalhes não vistos no audiovisual. A audiência e o engajamento do seu conteúdo será muito grande, pois atingirá a todo tipo de pessoa, com vários gostos diferentes.

Para você entender melhor, vai ser dado o exemplos

Case da Zurich Seguros


Nesse vídeo com mais de 1 milhão de views, a empresa faz uma ação de marketing muito interessante. No jogo Palmeiras X Santos e Corinthians X São Paulo eles trocam os reais jogadores por sósias e a torcida fica sem entender nada e um pouco irritados, logo eles mostram que é uma campanha da empresa “Ainda não inventamos seguro contra alterações no calendário. Mas você pode contar com a Zurich Seguros para cuidar dos seus bens, da sua vida e do seu futuro.”

Reparou como a transmídia é genial? Com um pouco de planejamento e ideias inovadoras, a Zurich conseguiu engajar milhares de torcedores e ainda sim, fazerem parte da sua campanha. A empresa conseguiu muitas visualizações com o vídeo no Youtube e criar uma história. Imagine quantas pessoas ficaram interessadas e recorreram a empresa depois?

Case Sport Club Recife “Fãs Imortais”

Essa campanha rendeu o 6º Gran Pix ao Brasil no festival de Cannes  e muitas doações de orgãos. Tudo começou no jogo entre Santos X Sport Clube Recife e no Facebook criado um aplicativo em que as pessoas poderiam se cadastrar e imprimir uma carteirinha personalizada de doador de órgão e nesse mesmo dia 51 mil carteirinhas aderidas online.

A ideia era que o torcedor mostrasse seu amor pelo clube doando órgãos, um coração doado poderia continuar torcendo pelo Sport após a morte, imortalizando o amor. Dessa forma, foram criadas várias formas de incentivo para doação e o assunto fosse discutido normalmente com as famílias.

Essa campanha fez com que aumentasse em 51% os doadores no estado de Pernambuco em relação ao ano anterior. Pessoas que esperavam há anos na fila, a beira da morte, tiveram finalmente uma chance de viver. Os depoimentos estão no vídeo a cima, demonstrando muita emoção.

Case doação de órgãos com Chiquinho Scarpa

Outra pessoa que fez uma campanha para doação de órgãos foi Chiquinho Scarpa. Tudo começou com uma postagem no Facebook com a frase: “Estava vendo um documentário sobre os faraós do Egito, muito interessante. Eles enterravam toda a sua fortuna para ter uma vida confortável “do outro lado” !!”. Logo depois o conde compartilha a seguinte postagem:

chiquinho

Ele fez todo mundo acreditar que iria enterrar seu carro, avaliado em 1 milhão de reais.

Toda a impressa foi alertada sobre sua maluquice e os fãs do Facebook ficaram muito preocupados, qual o motivo de enterrar um carro tão caro?

Tudo não passou de uma grande brincadeira, alertando sobre uma questão muito mais séria, a doação de órgãos. Chiquinho explica: “Eu fui julgado por querer enterrar uma Bentley, mas a verdade é que a grande maioria das pessoas enterra coisas muito mais valiosas que meu carro. Elas enterram corações, rins, fígados, pulmões, olhos. Isso sim que é um absurdo. Com tanta gente esperando por um transplante, você ser enterrado com seus órgãos saudáveis que poderiam salvar a vida de várias pessoas, é o mais desperdício do mundo. O meu Bentley não vale nada perto disso. Nenhuma riqueza, por maior que seja, é mais valiosa que um único órgão, porque nada é mais valioso do que uma vida.”

Ele finaliza fazendo um agradecimento muito emocionante.

chiquinho1

Muito interessante mobilizar a mídia nacional e as redes sociais com um assunto tão importante e pouco comentado, poucas pessoas sabem a real importância de doar órgãos e salvar vidas.

chiquinho2

A foto a cima está Chiquinho na Semana Nacional de Doação de Órgãos.

Case José Cuervo

A marca de tequila José Cuervo apostou nessa ideia e deu muito certo. A empresa lançou um concurso em abril de 2013 “Quem ta dentro” em comemoração a 1 milhão de seguidores na página do Facebook. Os participantes responderam um quiz sobre tequila, e quem acertasse todas as perguntas e ainda produzisse a melhor frase comprovando ser fã de tequila ganharia o prêmio.

O ganhador poderia escolher 4 amigos para acompanhá-lo e conhecer a balada Cancún, com várias baladas e praias paradisíacas, vivenciar o dia a dia dos colhedores de Agave e viajar pela história da José Cuervo, com suas tradições. Assim, foi criada uma websérie, onde era compartilhada no Facebook pelo Youtube da marca, gerando assim uma grande interação com fãs.

Nessa foto a página compartilhou com fãs do Facebook sobre o concurso cultural e direcionando os interessados para um link.

jc

O teaser da websérie é ainda mais interessante e o primeiro episódio deixa bem claro que vai ser uma viagem inesquecível para os viajantes.

Case Homer e cerveja Duff

A cerveja Duff também é um exemplo, o personagem Homer do Simpsons que a consome. Ela ficou tão famosa que acabou vindo para o mundo real e conquistando vários gostos de fãs e conquistando outros pela marca da cerveja. Aqui a transmídia está presente, pois foi criada uma narrativa para a cerveja sair do desenho e ser consumida de verdade, a produção, rótulos, quais tipos de embalagem e etc.

homer-simpsons-duff-beer

Case da série Lost

O seriado Lost aproveitou da grande audiência da série e produziu jogos de realidade alternativa, onde o internauta busca por pistas, fotos e vídeos inéditos. Outros jogos foram produzidos para vídeogame para Xbox 360 e Playstation 3.

Outra opção de entretenimento são os mobisodes disponíveis apenas em celulares, com conteúdo de vídeos, podcasts, sneakpeaks e videocasts oficiais podendo ser vistos apenas depois de cada episódio lançado. Os fãs conseguem participar da narrativa com o site Lostpedia com vários depoimentos de fãs ao longo da 6 temporadas. O Lostmaps com imagens das cenas e principais acontecimentos da série.

Nessa imagem abaixo mostra o site Lostpedia, com informações do voo 815.

lostpedia

Os 5 livros de Lost vão encantar até aqueles que nunca vieram a série,  histórias fascinantes. O envolvimento é presente nos brinquedos, como quebra-cabeças, bonecos de personagens, jogos de tabuleiro e de cartas. O destaque é para camisetas, acessórios, objetos usados por personagens  e com o CD de músicas das trilhas sonoras.

O The Walking Dead, com história em quadrinhos, livro e jogo. O filme Harry Potter, com livros, jogo e participando de 2 parques de diversão.

Qualquer um é capaz de criar uma narrativa e dar vida a sua história, ter criatividade e ideias inovadoras, usar vídeo, música. Com a possibilidade de linkar várias mídias e criar produtos inovadores, a transmídia pode ser a chave do sucesso da sua empresa.


Consultor e Palestrante de Automação de Marketing, Digibrother, Fundador da comunidade Mautic Brasil, Partner Allyde, Certificado Google, Partner no GrupoBBI. Estudou Design na FURB em Blumenau e se Formou em Análise de Sistema, 14 anos de experiência no mercado de internet, passou pelos departamentos de design, desenvolvimento, marketing (SEO e PPC) e gerência de projeto. Trabalhou nas empresas B2W, Visie e Associação Comercial de São Paulo. Co-fundador do Facíleme, aplicativo de f-commerce premiado e com 20 mil lojas virtuais. Artigos publicados em Marketing Automation, Data Driven, Social Media, e-commerce, Empreendedorismo e Tendências.

View Comments
There are currently no comments.

mautic is open source marketing automation